domingo, 30 de março de 2014

Yoga no Castelo - Hora do Planeta



Foi com muita satisfação que participámos na Hora do Planeta, no passado dia 29 de Março, fazendo Yoga à luz das velas no Salão Nobre do Castelo da Feira.
Uma hora direccionada à consciência ambiental e pessoal, que juntou várias pessoas com o mesmo propósito.

Seguem as fotos deste evento inesquecível, que foi preparado pela Câmara Municipal de Santa Maria da Feira.









Só por hoje, pensemos no Planeta Terra. 
_/\_

Algumas destas imagens foram cedidas pelo Municipio de Santa Maria da Feira

quarta-feira, 26 de março de 2014

Nova Terapia nos nossos Serviços: Massagem de Som - Terapia Oriental



De acordo com a tradição oral tibetana, a existência de Taças Tibetanas remonta ao tempo de Buda (560 – 480 a.C.).

Pensa-se que foram levadas da Índia para o Tibete, juntamente com os ensinamentos budistas, pelo mestre Padmasambhava no século 8 d.C.


Como as Taças Tibetanas produzem sons que invocam um estado mental de relaxamento e paz, foram sempre um recurso para se entrar em estado de meditação, que em ultima instância leva à iluminação.


Apesar de se chamarem Taças Tibetanas, pensa-se que são nativas de toda a região dos Himalaias, em especial, da Índia e Nepal. Como em 1959, houve um grande êxodo de monges tibetanos para o ocidente, muitos trouxeram estes instrumentos, que passaram a ser conhecidos como provenientes do Tibete.

Assim, o nome de Taças Tibetanas descreve um tipo de taça feita à mão, nativa dos Himalaias.
Estas taças sempre foram usadas para diversos fins: rituais religiosos, terapia, comer e cozinhar. 

O som  é vibração e, por isso, é desprovido de qualquer conteúdo.

O som é, por si só, uma lição de desapego – pode ser ouvido, mas não pode ser possuído, pois rapidamente desaparece no silêncio.




Efeitos das Taças Tibetanas na Mente


Ao ouvir as taças tibetanas pode-se experimentar uma sensação de bem-estar, paz e relaxamento. Esse bem-estar não é apenas físico, mas também emocional e mental. O som da taça tem um efeito no campo electromagnético do corpo. Neste sentido, fizeram-se medições dos padrões das ondas electromagnéticas produzidas pelo cérebro, que mostram que o homem tem um determinado número de estados de consciência:
  • Ondas Beta – estado normal acordado
  • Ondas Alfa – relaxamento, meditação
  • Ondas Teta – estado de sono superficial
  • Ondas Delta – estado de profundo sono
As vibrações das taças assemelham-se às ondas alfa e, por vezes, às ondas teta ou delta. Desta forma, pensa-se que o cérebro possa de alguma forma reconhecer estas ondas de vibração e passar a emitir predominantemente ondas alfa, permitindo o acalmar e serenar da mente quase imediato.





Benefícios das Taças Tibetanas

Devido à sua natureza metal e aos seus sons cantantes, as Taças Tibetanas estão associadas ao elemento éter (espaço) e, desta forma, têm um efeito calmante na mente (pensamento e emoções).

Elas têm um efeito inconfundível nas pessoas. E devido a isto, são utilizadas cada vez mais com fins terapêuticos, já que ao dirigir-se os sons corretos a nós mesmos ou à pessoa que está a ser tratada, pode-se restaurar a vibração original, a vibração saudável.

Alguns dos benefícios do som das Taças:
1)   Alivia o stress e a ansiedade;
2)   Melhora a concentração;
3)   Aumenta a criatividade;
4)   Proporciona clareza mental;
5)   Equilibra os hemisférios cerebrais;
6)   Restabelece o equilíbrio do sistema endócrino;
7)   Alivia a sinusite ou as dores de cabeça;
8)   Estimula a actividade das ondas alfa ou a meditação profunda;
9) Aumenta a energia por meio da estimulação do líquido encefalorraquidiano;
10)  Equilibra e limpa os chacras (e dos órgãos e glândulas correspondentes);
11)  Purifica o ambiente;
12)  Facilita o acesso à intuição e à consciência subtil.
fonte: sons dos himalaias


Dispomos de Massagem de Som, a partir de agora, para melhorar o seu bem-estar e a sua saúde, desfrutando desta terapia. Saiba mais aqui